terça-feira, 22 de novembro de 2011

Feliz Dia do Músico ♬

Músicos são todos aqueles envolvidos no processo criatório de canções, sejam eles percussionistas, vocalistas, maestros, compositores, letristas...
As primeiras noções musicais foram concebidas pelos homens pré-históricos, que passaram a perceber a sonoridade do mundo ao seu redor. O som da tempestade, o canto dos pássaros, o farfalhar das folhas, o mar, e é claro o som da própria voz. Segundo a Bíblia, o responsável pelas primeiras músicas, foi Jubal, o pai de todos que tocavam harpas e órgãos.
Em todas as culturas e nações a música pode ser encontrada de várias formas, pois possui a capacidade de traduzir os sentimentos, atitudes e valores culturais e religiosos de um povo ou nação.


Um pouquinho da História
Acredita-se que a música tenha surgido há 50.000 anos, onde as primeiras manifestações tenham sido feitas no continente africano, expandindo-se pelo mundo com o dispersar da raça humana pelo planeta.


Egito - Por volta de 4.000 a.C., as pessoas batiam discos e paus uns contra os outros, utilizavam bastões de metal e cantavam. Posteriormente, nos grandes templos dos deuses, os sacerdotes treinavam coros para cantos de música ritual. Os músicos da corte cantavam e tocavam vários tipos de harpa e instrumentos de sopro e percussão. As bandas militares usavam trompetes e tambores.
Palestina - A Bíblia contém a letra de muitas canções e cânticos hebraicos, como os Salmos, onde são mencionados harpas, pratos e outros instrumentos. A música no templo de Salomão, em Jerusalém, no século X a.C., provavelmente incluía trompetes e canto coral no acompanhamento de instrumentos de corda.
China - Os antigos chineses acreditavam que a música possuía poderes mágicos, achavam que ela refletia a ordem do universo. A música chinesa usava uma escala pentatônica (de cinco sons), e soava mais ou menos como as cinco teclas pretas do piano. Os músicos chineses tocavam cítara, várias espécies de flauta e instrumentos de percussão.
Índia - As tradições musicais da Índia remontam ao século XIII a.C.. O povo acreditava que a música estava diretamente ligada ao processo fundamental da vida humana. Na Antigüidade, criaram música religiosa e por volta do século IV a.C. elaboraram teorias musicais. Os músicos tocavam instrumentos de sopro, cordas e percussão.
Grécia - Os gregos usavam as letras do alfabeto para representar notas musicais. Agrupavam essas notas em tetracordes (sucessão de quatro sons). Combinando esses tetracordes de várias maneiras, os gregos criaram grupos de notas chamados modos. Os pensadores gregos construíram teorias musicais mais elaboradas do que qualquer outro povo da Antigüidade. Pitágoras, achava que a Música e a Matemática poderiam fornecer a chave para os segredos do mundo. Acreditava que os planetas produziam diferentes tonalidades harmônicas e que o próprio universo cantava. Eles foram os os primeiros povos a registrarem uma canção.
Roma - Os romanos copiaram teorias musicais e técnicas de execução dos gregos, mas também inventaram instrumentos novos como o trompete reto, a que chamavam de tuba. Usavam freqüentemente o hydraulis, o primeiro órgão de tubos.


A evolução das música e de seus músicos pode ser notada por gerações e gerações, e acompanhadas com os sucessos clássicos e contemporâneo. A música na atualidade é tão essencial nas nossas vidas, que não saberiamos dizer o que seria de nós sem a música, e isso é possível porque os músicos se dedicam a essa arte de maneira excepcional.
Quero homenagear simbolicamente todos os músicos, independente de serem conhecidos ou não. Parabéns aos que produzem emoção com suas artes e criações.
Feliz Dia do Músico!

Fonte

Um comentário: